14 de julho de 2024

Mulher que acusa Daniel Alves processará a mãe do jogador

Por: Valdir Justino

A advogada da vítima da agressão sexual supostamente cometida pelo jogador Daniel Alves anunciou, nesta quinta-feira (4), que denunciará todos aqueles que divulgarem imagens ou informações que permitam a identificação da requerente, após a mãe do jogador ter revelado a identidade da jovem nas redes sociais.

Maria Lúcia Alves, mãe de Daniel Alves, que está na prisão desde 20 de janeiro de 2023 por agressão sexual, compartilhou um vídeo em sua conta do Instagram mostrando imagens da vítima, cuja identidade ela revela e oferece detalhes pessoais, acusando-a de querer fama e dinheiro.

Em comunicado, a advogada Ester García, que está processando em nome da vítima, denunciou que a divulgação de imagens ou qualquer informação que permita a identificação de uma vítima de violência sexual “constitui um delito flagrante”.

– É lamentável que, até hoje, continuem sendo feitas tentativas de destruir as pessoas que ousam denunciar – diz o comunicado.

Diante dessa situação, a advogada da acusação particular adverte que tomará medidas legais “contra todas as pessoas ou veículos de comunicação que divulgarem as imagens” da vítima ou fornecerem qualquer informação, direta ou indiretamente, que permita sua identificação.

– Quem confia em Deus não perde mais a batalha – diz a publicação da mãe de Daniel Alves junto com o vídeo gravado por um advogado brasileiro, no qual a vítima aparece dançando e comemorando seu aniversário.

O Ministério Público de Barcelona pede nove anos de prisão para o ex-jogador da Seleção Brasileira, além de dez anos de liberdade condicional e uma indenização de 150 mil euros (em cotação de hoje R$ 808 mil) para a vítima, enquanto a acusação particular pede doze anos de prisão, a pena máxima estabelecida no Código Penal espanhol para um crime desse tipo.

O julgamento contra Daniel Alves está programado para começar em 5 de fevereiro na Audiência de Barcelona.

*EFE Pleno News

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA:

Facebook
Twitter
LinkedIn