18 de julho de 2024

Saúde de Goiás realiza Dia D de Combate à Dengue

Por: Valdir Justino

Governo de Goiás coordena força-tarefa de combate à dengue no Dia D de combate à doença (Fotos: Marco Monteiro)

O secretário de Estado da Saúde, Rasível Santos, destaca a importância do envolvimento e do engajamento de todos os goianos – serviço público, iniciativa privada, entidades civis e população – para vencer a luta contra o Aedes aegypti.

“É inadmissível que haja tantos casos de dengue e que as pessoas morram em função dessa doença prevenível”, acentua. O secretário destaca ainda que essa ação deve ser contínua e efetivada pelos próprios moradores das casas.

“As pessoas devem reservar 10 minutos por semana para fazer uma vistoria minuciosa em suas residências e eliminar todo e qualquer objeto que acumula água, por menor que ele seja”, enfatiza.

O lançamento da ação em Aparecida de Goiânia contou com a presença do secretário-adjunto da SES, Sérgio Vencio, e do secretário municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia, Alessandro Magalhães.

Sérgio Vencio apontou como fundamentais a conscientização da população sobre o recolhimento do material inservível e a vacinação contra a dengue.

“As pessoas que tiverem condições, tomem a vacina na iniciativa privada. As que têm filhos de 10 a 11 anos, os levem para vacinar na rede pública”, afirmou.

Força-tarefa contou com participação de agentes comunitários de endemias, agentes comunitários de saúde, bombeiros, servidores das respectivas Regionais e voluntários (Foto: Marco Monteiro)

A ação em Aparecida de Goiânia reuniu cerca de 200 pessoas, entre gestores e profissionais das áreas da Saúde, Desenvolvimento Urbano, Educação, Meio Ambiente e Segurança Pública.

A expectativa era fazer 11 mil visitas ao longo do dia em casas e lotes baldios com o objetivo de fazer uma limpeza detalhada nos imóveis.

FORÇA-TAREFA

Um dos pontos altos do Dia D de combate à Dengue aconteceu em Uruaçu, na Regional de Saúde Serra da Mesa, onde tem 1.092 casos notificados de dengue e 3 mortes confirmadas pela doença.

A força-tarefa contou com a participação de aproximadamente 200 pessoas, entre agentes comunitários de endemias, agentes comunitários de saúde, bombeiros, servidores da Regional e voluntários. Toda a ação foi desenvolvida com o apoio de 13 veículos de diferentes órgãos.

As equipes vistoriaram 2,7 mil imóveis localizados nos Setores São Vicente, Sol Vermelho, Vale do Sol e Jardim Santa Helena, em Uruaçu.

Os componentes da Defesa Civil do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás, coordenados pelo tenente-coronel Marcos Abrahão Monteiro de Paiva, atuaram na ação com o uso de drones para a identificação dos focos em locais de difícil acesso.

“Foi um trabalho gratificante e muito produtivo”, afirmou a coordenadora da Regional de Saúde Serra da Mesa, Nilma Eneias.

DUAS EPIDEMIAS

Em Jataí a ação reuniu um contingente de aproximadamente 200 pessoas, entre agentes do município e funcionários de uma empresa de limpeza urbana.

Os comerciantes da cidade tomaram a iniciativa de liberar os funcionários nesta quinta-feira duas horas antes do fim do expediente para que eles façam a limpeza em suas residências.

A superintendente de Vigilância em Saúde da SES, Flúvia Amorim, destaca que Jataí passa por uma situação delicada, com a confluência de duas epidemias.

“Além dos casos de dengue, predominantes em todo o estado, em Jataí há uma elevação das notificações de chikungunya devido à proximidade do município com o estado de Mato Grosso do Sul”. As ações foram efetivadas de forma semelhante em Iporá, Perolândia, Sanclerlândia e Aurilândia.

SAIBA MAIS

Ministério da Saúde libera recursos para combate à dengue em Goiás

Dengue exige hidratação imediata

Automedicação em casos suspeitos de dengue pode levar à morte

Editado por Hosana Alves via Secretaria da Saúde – Governo de Goiás

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA:

Facebook
Twitter
LinkedIn