20 de julho de 2024

Profetizo um ano de paz para o nosso país e para o mundo

Por: Valdir Justino

Marco Feliciano ministrando no 39º Congresso dos Gideões Missionários da Última Hora Foto: Reprodução/Print de vídeo TV Gideões

Camboriú, em Santa Catarina, e o Brasil assistem ao 39º Congresso dos Gideões Missionários da Última Hora, evento fundado pelo saudoso pastor Cesino Bernardino. Com muita honra fui novamente convidado para pregar nesse congresso; o que faço há mais de 30 anos, onde, fui moço, e agora quando já estou ficando velho; mas nunca vi a providência deixar de operar milagres em Camburiú.

Desta vez, durante a minha pregação, pude sentir as mesmas emoções do meu primeiro congresso. Vi o Céu descer e a Igreja subir. Irmãos em uníssono falando em línguas, orando em uma simbiose com o sobrenatural, o que nunca faltou nos Gideões Missionários.

Deus me fez alertar os irmãos que estão “desigrejados”, irmãos que mantêm sua fé, mas, optaram por uma expressão mais independente e descentralizada da prática religiosa; o que contraria frontalmente os ensinamentos bíblicos, de que devemos nos reunir na Casa da congregação, como está escrito em Hebreus 10:25: “Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas encorajemo-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês veem que se aproxima o Dia”. Principalmente após a pandemia, vimos um distanciamento dos crentes para com a presença nas igrejas, o que nos deixa enfraquecidos perante o inimigo.

Durante o congresso, muito me emocionou receber profecias que vão ao encontro das perspectivas da minha fé e do meu ministério. Com grande alegria, Deus me inspirou a profetizar para irmãos que receberam com grande recepção à poderosa Palavra de Deus.

Abrilhantou o evento a presença do nosso eterno presidente Jair Bolsonaro que trouxe uma mensagem de fé, com a graça que Deus lhe deu. Sim, graças a promessa de Deus teremos um ano repleto de realizações na espera do próximo ano e, parafraseando o sumo sacerdote de Israel, profetizo um ano de paz para o nosso país e para o mundo.

Finalizo agradecendo a Deus por reunir milhares de pessoas no Gideões Missionários da Última Hora 2024. E peço que Ele derrame as mais doces bênçãos celestiais para todos cristãos brasileiros.

Por: Marco Feliciano

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA:

Facebook
Twitter
LinkedIn