23 de julho de 2024

Gasolina, diesel e gás de cozinha ficarão mais caros; veja valores

Por: Valdir Justino

Gasolina e gás de cozinha mais caros! A partir desta quinta-feira (1º), entra em vigor um novo reajuste do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), causando aumento nos preços dos derivados do petróleo. Com um acréscimo de R$ 0,15, o valor do tributo sobre a gasolina passa a ser de R$ 1,37, podendo elevar o preço final para R$ 5,71. Atualmente, o valor médio é de R$ 5,56, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Com um reajuste de R$ 0,12, o óleo diesel deverá atingir R$ 5,95, enquanto o Diesel S10 ultrapassará a marca de R$ 6 por litro. O gás de cozinha (GLP) também deverá ter um aumento de 2% em relação ao preço médio de compra, que é de R$ 100,98. Com um incremento de R$ 0,16 por quilo, o botijão de 13kg deve alcançar R$ 103,06.

Esta é a primeira elevação do imposto, de competência estadual, desde 2022, quando o governo do então presidente Jair Bolsonaro (PL) estabeleceu a cobrança do ICMS por meio de uma alíquota única nacional. Essa decisão também congelou as alíquotas por um ano. Em outubro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sancionou uma lei que destina R$ 27 bilhões para compensar estados e municípios pela perda de arrecadação resultante da redução do ICMS.

Preço do diesel cai, etanol aumenta e gasolina fica estável no começo de 2024, em Goiás

Dados do Índice de Preços Edenred Ticket Log (IPTL) apontam, em Goiás, queda no diesel de 0,51%, aumento do etanol em 0,29% e manutenção no preço da gasolina. Os números são dos primeiros 15 dias de janeiro deste ano em relação a dezembro de 2023.

Em valores, o litro médio do diesel caiu de R$ 5,85 para R$ 5,82. Já o etanol subiu de R$ 3,49 para R$ 3,50 e a gasolina se manteve estável em R$ 5,64.

do Mais Goiás

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA:

Facebook
Twitter
LinkedIn