23 de julho de 2024

Biden é criticado por celebrar Dia da Visibilidade Trans na Páscoa

Por: Valdir Justino

O governo de Joe Biden, nos Estados Unidos, tem recebido críticas por parte de conservadores após celebrar o Dia da Visibilidade Transgênero no domingo (31) de Páscoa. Além disso, a administração do democrata proibiu ovos decorados com símbolos religiosos no concurso de Arte de Páscoa, em que crianças participam anualmente.

O ex-presidente do país e seu rival na corrida pela Casa Branca, Donald Trump, foi um dos que se pronunciaram sobre o caso, dizendo que a gestão Biden tem atacado a fé cristã há anos.

– É chocante e insultante que a Casa Branca de Joe Biden tenha proibido as crianças de enviar designs religiosos de ovos para o seu evento de Arte de Páscoa e formalmente proclamou o Domingo de Páscoa como Dia da Visibilidade Trans – apontou o republicano, afirmando que Biden deve desculpas aos cristãos.

Em resposta às críticas, a Casa Branca declarou que o Dia da Visibilidade Trans sempre foi proclamado no último dia de março, enquanto o domingo de Páscoa muda anualmente. A Presidência disse que políticos conservadores estão usando o caso para “dividir e enfraquecer nosso país com retórica cruel, odiosa e desonesta”.

Em sua mensagem à comunidade trans neste domingo (31), Biden afirmou que seu governo está do lado da causa deles.

– Hoje, enviamos uma mensagem a todos os americanos transgêneros: Vocês são amados. Vocês são ouvidos. Vocês são compreendidos. Vocês pertencem. Vocês são América, e todo o meu governo, e eu estamos ao seu lado – assinalou o presidente.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA:

Facebook
Twitter
LinkedIn