13 de julho de 2024

Sistema eleitoral: TSE separa até R$ 4,2 milhões para auditoria

Trecho do pedido diz que “auditoria externa faz parte do Teste de Integridade”

Por: Valdir Justino

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) separou até R$ 4,2 milhões para uma auditoria externa do sistema eleitoral. O objetivo é obter o “exame e a validação da organização, da condução e da conclusão dos trabalhos relativos ao Teste de Integridade referentes às Eleições Municipais 2024”. As informações são da Veja e da Oeste.

Um trecho da solicitação do TSE aponta que “a auditoria externa faz parte do Teste de Integridade realizado pelos tribunais eleitorais”.

– Seu objetivo é validar, sob a ótica externa, que os exames de funcionamento das urnas eletrônicas são conduzidos de forma transparente. Frente ao uso massivo de fake news no contexto político e eleitoral, tal contratação representa um olhar externo sobre os processos de trabalho da Justiça Eleitoral, bem como reforça liames de transparência, publicidade e acompanhamento de qualquer interessado.

O pedido diz ainda que “a auditoria de funcionamento das urnas eletrônicas [teste de integridade] é o procedimento adotado pela Justiça Eleitoral, no qual se busca comprovar a credibilidade da urna e dos sistemas eletrônicos de votação com uma simulação nos dias do pleito”.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA:

Facebook
Twitter
LinkedIn