18 de julho de 2024

Por ser contra o aborto, Diego Falcão treinador da seleção de basquete é demitido

Diego Falcão era preparador físico do time feminino da Seleção Brasileira

Por: charles

Texto: Leiliane Lopes

A Confederação Brasileira de Basquete (CBB) comunicou, neste sábado (22), a demissão do preparador físico Diego Falcão, que integrava a comissão técnica da seleção feminina de basquete do Brasil. Falcão foi afastado em decorrência da repercussão de suas publicações contra o aborto nas redes sociais.

De acordo com o Globo Esportes, foram as atletas da seleção que se manifestaram contra Falcão por seu posicionamento a favor do projeto de lei 1904/2024, que compara o aborto após a 22ª semana de gestação com o crime de homicídio.

As jogadoras Clarissa dos Santos e Damiris Dantas, duas das principais da equipe, se manifestaram publicamente contra o treinador em suas redes sociais e o caso foi levado à CBB. Outras atletas também foram ouvidas antes da decisão final.

Diego Falcão fazia parte da comissão técnica da seleção feminina desde 2019, tendo ingressado junto com o técnico José Neto, com quem já havia trabalhado na seleção masculina de basquete do Brasil, no Flamengo, no Japão e em Angola. José Neto não se manifestou sobre o desligamento de Falcão e permanece à frente da seleção feminina.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA:

Facebook
Twitter
LinkedIn