17 de julho de 2024

Mônica Salgado lembra post de Janja sobre violência: “E agora?”

Por: Valdir Justino

A jornalista Mônica Salgado relembrou em suas redes sociais uma publicação feita pela primeira-dama do Brasil, Janja da Silva, sobre uma ação do governo do presidente Lula (PT) que ampliava o direito a medidas protetivas para mulheres vítimas de violência que poderiam solicitar a proteção apenas pela denúncia.

– O presidente Lula sancionou o PL que faz valer a palavra da vítima de violência doméstica! Agora, basta a denúncia para que a mulher possa ter direito a medidas protetivas. Lei Maria da Penha aperfeiçoada, um reforço ao trabalho do Ministério das Mulheres e das redes de proteção – escreveu Janja no X em 20 de abril de 2023.

Quase um ano depois, Luís Cláudio Lula da Silva, filho caçula de Lula e dona Marisa, é acusado de agressão por sua ex-companheira, a médica psicanalista Natália Schincariol, 29 anos.

O relacionamento de dois anos do casal teria chegado ao fim em janeiro deste ano e nesta terça-feira (2), a médica registrou um boletim de ocorrência contra Luís Cláudio. Segundo ela, o relacionamento durou dois anos e vários episódios de violência doméstica foram se intensificando.

Na denúncia, Schincariol afirma que as “agressões são de natureza física, verbal, psicológica e moral”. Ela conta também que em janeiro deste ano, em uma das brigas no final do mês, ela foi atingida por “uma cotovelada na barriga”.

Mônica Salgado então comenta: “E agora?”, uma vez que até o momento ninguém da família Lula comentou sobre o assunto.

Por: Leiliane Lopes

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA:

Facebook
Twitter
LinkedIn