19 de julho de 2024

Lula é criticado por instituições, parlamentares e cantores

Por: Valdir Justino

Um dos assuntos mais comentados neste domingo (18) nas redes sociais foi a declaração polêmica do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) contra Israel. Ao criticar a resposta militar dada pelas forças israelenses após um ataque terrorista do grupo Hamas, o chefe do Executivo nacional comparou Israel com o crime de genocídio praticado por Adolf Hitler contra os judeus no século passado.

– Sabe, o que está acontecendo na Faixa de Gaza com o povo palestino, não existe em nenhum outro momento histórico. Aliás, existiu quando Hitler resolveu matar os judeus – declarou o petista.

Políticos e personalidades brasileiras se colocaram contra a declaração do petista. Na lista de famosos que se manifestaram contra Lula está o ator Carlos Vereza, lembrou que Lula já declarou admirar Hitler em uma entrevista antiga.

– Lula, respeita o povo judeu, foram seis milhões de vítimas (…) É um absurdo você não constatar que quem teve criança assada no forno, quem teve grávida estuprada, foi o povo de Israel. Toma vergonha nessa cara, rapaz, seu admirador de terrorista. É o que eu tenho a dizer – disse.

A atriz Regina Duarte também se manifestou, disse que a declaração foi uma “cilada” e insinuou que Lula voltou ao poder para fazer uma lua-de-mel com sua nova esposa, Janja da Silva.

– Só pode estar com a cabeça em outro lugar. A missão que lhe foi oferecida de governar o Brasil tá sendo muito pesada para um homem que a esta altura aceitou fascinado a possibilidade de viver com Janja uma lua-de-mel paradisíaca em paragens internacionais. Que cilada!

O cantor gospel Davi Sacer não ficou calado e saiu em defesa de Israel após o ataque do político brasileiro.

– Lula é um maldito e pagará por cada palavra dita contra Israel – disse ele, publicando os versículos de Deuteronômio‬ ‭32‬:‭9‬-‭11‬ que diz: “Mas escolheu Israel para ser o seu povo; os descendentes de Jacó pertencem ao Senhor. Deus os encontrou perdidos no deserto, numa região onde viviam animais ferozes. Chegou perto, cuidou deles e os protegeu como se fossem a menina dos seus olhos. Como a águia ensina os filhotes a voar e com as asas estendidas os pega quando estão caindo, assim o Senhor Deus cuida do seu povo”.

O pastor Emerson Pinheiro, esposo da cantora Fernanda Brum, resolveu pedir desculpas aos israelenses pela fala do político brasileiro.

– Como brasileiro, peço perdão a Israel pela postura desse desgoverno do Brasil. Me sinto envergonhado por ser governado por esse sujeito que chamam de presidente, que Deus tenha misericórdia de nós, ai daqueles que se levantam contra Israel.

Entre os políticos, opositores a Lula fizeram questão de se posicionar a favor de Israel. Entre eles, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) que fez questão de dizer aos israelenses que a fala do presidente não corresponde ao sentimento do povo brasileiro.

– Meus amigos de Israel, deixo bem claro que a opinião de Lula da Silva não representa a opinião dos brasileiros sóbrios. Sua citação a um dos maiores facínoras da história do mundo, comparando-o com Israel, apenas demonstra seu completo desconhecimento da história – escreveu.

E continuou:

– E não se espantem se ele mudar totalmente seu discurso na presença da comunidade judaica, ele já fez isso acerca de outros temas internacionais a depender da platéia. Tenham em mente que de fato ele é um mentiroso contumaz, o protagonista do Brasil “anão diplomático”. Em breve mudaremos isso. Fiquem firmes e acabem com os terroristas.

A secretária de Polícias para a Mulher do governo de São Paulo, Sonaira Fernandes, também se posicionou sobre o caso:

– Não é de se surpreender que Lula apoie o Hamas, pois são criminosos iguais a ele. No entanto, comparar Israel ao Hitler é ultrapassar qualquer barreira do aceitável. É criminoso e deve ser punido legalmente!

O deputado federal Marco Feliciano (PL-SP) também se posicionou:

– Depois da fala de Lula sobre Israel, eu tenho que concordar que o Brasil voltou… voltou para o rodapé da história! O governo brasileiro pulou de cabeça na lixeira das nações! Minha solidariedade ao povo judeu na pessoa de seu primeiro-ministro
Benjamin Netanyahu – ISRAEL VIVE!

Entidades judaicas também emitiram notas contra Lula, como StandWithUsBrasil, Museu do Holocauto e a Federação Israelita de São Paulo também criticaram o petista.

– O Holocausto causou a morte de 6 milhões durante a 2ª Guerra Mundial. Lula passa de todos os limites ao comparar a guerra entre Israel e o Hamas com a matança de judeus na Alemanha nazista de Adolf Hitler – escreveu a federação.

por: Leiliane Lopes

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA:

Facebook
Twitter
LinkedIn