14 de julho de 2024

Deputada dos EUA chama Moraes de “operador totalitário”

María Elvira Salazar deu declaração durante sessão da Comissão de Assuntos Exteriores do Congresso dos Estados Unidos

Por: Valdir Justino

Deputada americana fez críticas a Alexandre de Moraes Foto: Reprodução/Print de Vídeo das Redes Sociais

A deputada americana María Elvira Salazar, do Partido Republicano, chamou o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), de “operador totalitário” durante uma sessão da Comissão de Assuntos Exteriores do Congresso dos Estados Unidos nesta terça-feira (7). Na ocasião, a congressista também disse que o Brasil tem um “condenado por corrupção como presidente”, em referência a Lula (PT).

– Enquanto eu fazia minha pesquisa, cheguei à conclusão que o Brasil não apenas tem um condenado por corrupção como presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, mas agora tem um operador totalitário como chefe de Justiça da Suprema Corte, chamado Alexandre de Moraes – declarou Salazar.

A parlamentar ainda chamou Moraes de “tolo útil para os socialistas” e declarou que o magistrado “está cerceando um dos direitos fundamentais de uma democracia que é a liberdade de expressão”. Salazar também elogiou o dono da rede social X, Elon Musk, por desafiar o ministro do STF.

– Nós não sabemos se o ministro é um socialista, ou se ele é um tolo, ou se ele é um tolo útil para os socialistas. Mas sabemos que ele está cerceando um dos direitos fundamentais de uma democracia que é a liberdade de expressão – completou.

A sessão desta terça, que tinha como tema “Brasil: a crise da democracia, liberdade, e do Estado de Direito?”, ouviu testemunhas sobre as denúncias contra o Judiciário brasileiro. Entre as figuras ouvidas estavam Michael Shellenberger, jornalista autor do Twitter Files; Christopher Pavlovski, fundador do Rumble, rede que saiu do Brasil por discordar de decisões judiciais em 2023; e Paulo Figueiredo, jornalista investigado pelo STF.

Além das testemunhas, estiveram presentes diversos deputados federais brasileiros como Bia Kicis (PL-DF), Nikolas Ferreira (PL-MG), Eduardo Bolsonaro (PL-SP), Gustavo Gayer (PL-GO), Cabo Gilberto (PL-PB), Filipe Barros (PL-PR), Rodrigo Valadares (União Brasil-SE) e Marcos Pollon (PL-MS). O senador Eduardo Girão (Novo-CE) e o ex-deputado federal Deltan Dallagnol (Novo-PR) também foram à sessão.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA:

Facebook
Twitter
LinkedIn