12 de julho de 2024

Delegado comenta laudo pericial sobre mortes por choque no carnaval de Uruaçu

Falhas na instalação elétrica durante o carnaval em Uruaçu resultaram em mortes por choque na Praia da Generosa

Por: Valdir Justino

As vítimas morreram na Praia da Generosa, às margens do Lago Serra da Mesa na Cidade de Uruaçu estado de Goiás. Em nota, a prefeitura de Uruaçu afirma que a estrutura do carnaval estava desmontada e o evento havia encerrado. Também em nota, a Equatorial Goiás disse que a conexão de energia estava regular até o ponto das barracas.

Segundo o delegado Sandro Leal, que investigou o caso, Victor Hugo Rodrigues, morreu por eletroplessão. Ele sofreu um choque elétrico ao subir em um freezer que ainda estava energizado com uma das pernas, enquanto a outra perna fazia o aterramento no chão.

No caso de Ana Paula, houve um erro na posição dos geradores de energia. O projeto previa a instalação dos geradores com isoladores e grades atrás do palco. Porém, os geradores foram instalados ao lado do palco, muito próximos das pessoas que participavam das festividades, gerando um corredor estreito entre o Lago Serra da Mesa e o palco, sem a proteção de grades e isoladores.

Foi comprovado que o caminhão do palco estava energizado; na roda traseira direita, foi constatada a presença de mais de 140 volts.

Relembre o Caso (Texto G1)

Victor Hugo Rodrigues, de 23 anos, e Ana Paula Belfort, de 30, morreram durante o carnaval em Uruaçu, no norte goiano. A perícia confirmou que Victor morreu após um choque elétrico e, segundo a Polícia Civil (PC), apesar da suspeita da família, a causa da morte de Ana Paula ainda está sendo apurada.

Segundo o delegado Sandro Leal, que investiga o caso, Victor morreu por eletroplessão. Ele sofreu um choque elétrico ao subir em um freezer para fixar a lona de uma barraca. A família de Ana Paula acredita que ela sofreu um choque ao encostar em um gerador, mas o laudo ainda não foi finalizado.

Veja quem eram as vítimas:

Victor Hugo Rodrigues, de 23 anos — Foto: Reprodução/TV Anhanguera
Victor Hugo Rodrigues, de 23 anos — Foto: Reprodução

Victor

Uma amiga de Victor contou que ele estava trabalhando na barraca onde sofreu o choque elétrico. Marcela Lopes afirma que o jovem nasceu em Uruaçu e trabalhava em um bar onde eles se conheceram. Victor era solteiro, não tinha filhos, era eletricista e fazia bicos como garçom.

Marcela detalha ainda que Victor deixa a mãe, que mora na zona rural de Uruaçu, o pai, que é de Anápolis, a 59 km de Goiânia, e duas irmãs, sendo que uma delas está grávida e a outra tem uma filha ainda criança. O corpo de Victor foi velado e sepultado na manhã desta quinta-feira (15), em Uruaçu.

Ana Paula Belfort, de 30 anos - Goiás — Foto: Reprodução/Redes Sociais
Ana Paula Belfort, de 30 anos – Goiás — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Ana Paula

Em entrevista, o ex-marido de Ana Paula falou sobre quem ela era. Cledison Caetano da Silva foi casado por 15 anos com Ana Paula, com quem teve três filhos, que, atualmente, têm 13, 11 e 7 anos. O casal se separou há dois meses e a mulher estava morando com uma amiga, ainda em Uruaçu.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA:

Facebook
Twitter
LinkedIn