17 de julho de 2024

Áudio aponta possível coação de servidores para evento com Lula

Por: Valdir Justino

Prefeitura de Belford Roxo, dirigida por Waguinho, teria fornecido até ônibus para servidores estarem em agenda presidencial

Um áudio de uma reunião de servidores da cidade de Belford Roxo, no Rio de Janeiro, que é administrada pelo prefeito Waguinho (Republicanos), marido da ex-ministra do Turismo Daniela Carneiro (União Brasil-RJ), indica que funcionários da prefeitura do município teriam sido coagidos a participarem de um evento com o presidente Lula (PT) nesta terça-feira (6).

A reunião aconteceu na última sexta (2), em uma escola municipal de Belford Roxo, e, na ocasião, diretoras deram orientações sobre a agenda com Lula. Entre as advertências feitas pelas gestoras estava a de que, apesar de esta terça ser ponto facultativo decretado por Waguinho, havia o dever de ir ao compromisso com o presidente da República.

Outra orientação dada aos servidores dizia respeito ao uso de bonés e faixas em apoio a Lula e até os momentos em que o presidente deveria ser ovacionado. No áudio, uma das diretoras chegou a dizer até que a prefeitura enviaria um ônibus para os servidores da escola irem ao evento e que seriam oferecidos café da manhã, almoço, água e lanche.

– (…) Todo mundo sabe que terça-feira é ponto facultativo, mas não é ponto facultativo para a gente ficar em casa. Conclusão: todos nós, terça-feira, lá [no evento de Lula]. (…) O prefeito já viu a questão do almoço, vão distribuir as camisas, vai ter almoço… Nós vamos com vocês no ônibus, vamos deixar vocês lá e vocês vão ficar representando a escola, vai ter a faixa – disse uma diretora.

O conteúdo sobre os áudios foi divulgado pela coluna de Guilherme Amado, do site Metrópoles, nesta quarta-feira (7). O veículo também disse ter recebido prints do grupo de uma creche municipal em que a diretora da unidade enviou orientações para os funcionários sobre o horário e o local do ponto de encontro para o ônibus que levaria o pessoal ao evento de Lula.

No Diário Oficial do município, Waguinho justificou o decreto de ponto facultativo nesta terça pelo “movimento de veículos” por causa da comitiva presidencial. Lula visitou Belford Roxo para inaugurar uma escola municipal que leva o nome de seu falecido neto, Arthur Araújo Lula da Silva, que faleceu aos 7 anos, em 2019.

Por: Paulo Moura

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA:

Facebook
Twitter
LinkedIn