24 de junho de 2024

Jovem vence ação após contrariar trans nos esportes femininos

Sophia Lorey processou biblioteca por expulsá-la durante discurso feito por ela em evento

Por: Valdir Justino

Sophia Lorey

A ex-jogadora de futebol universitário e ativista do esporte feminino, Sophia Lorey, venceu uma ação judicial contra uma biblioteca que a expulsou do espaço, após ela discursar em oposição à entrada de transexuais na categoria das mulheres. A jovem comemorou ao dizer que trata-se de uma “vitória de todas que defendem a verdade biológica e a justiça nos esportes”.

– O direito de expressar nossas preocupações sobre a presença de homens em esportes femininos é fundamental – disse Lorey, que atualmente é diretora de divulgação do Conselho da Família da Califórnia, Estados Unidos.

A expulsão aconteceu em agosto de 2023, quando Lorey foi convidada para palestrar no evento Fórum sobre Esporte Justo e Seguro para Meninas, realizado na biblioteca do Condado de Yolo, Califórnia. Na ocasião, a jovem foi interrompida após dizer “homens em esportes femininos”. A instituição afirmou que o uso inadequado de gênero violava sua política interna.

– Apenas mencionar “homens competindo em esportes femininos” foi suficiente para que eu fosse censurada e expulsa. Isso não é apenas injusto, mas também inconstitucional – declarou.

O momento em que Lorey foi impedida de prosseguir com o discurso foi registrado em vídeo, que se encontra disponível.

Assista:

Baseada nos direitos da Primeira Emenda da Constituição estadunidense – trecho que versa sobre a liberdade de expressão -, Lorey processou funcionários da biblioteca com apoio de outras ativistas, da Aliança Defendendo a Liberdade (Alliance Defending Freedom) e do Instituto pela Liberdade de Expressão (Institute for Free Speech).

Após a vitória judicial, a biblioteca prometeu, em acordo, mudar suas políticas e proibir intervenções no conteúdo das apresentações. Também abriu o espaço para que o fórum que foi interrompido ocorresse novamente no último dia 13 de abril.

COMPARTILHE ESSA NOTÍCIA:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Siga-nos nas nossas redes!